Mobicidade apóia Av. Beira-Rio para a população

Em Janeiro de 1989 foi publicado em Porto Alegre o Decreto 9.372, o qual definia o fechamento de toda a extensão da Av. Edvaldo Pereira Paiva (a Beira-Rio) para veículos nos finais de semana e feriados. Em 2012 o Decreto foi alterado e a área de fechamento foi reduzida para o trecho entre a Usina do Gasômetro e a rótula das Cuias. Com as obras que fecharam boa parte da orla, o Decreto foi alterado novamente em novembro de 2015 e a área de fechamento foi definida entre a Usina do Gasômetro e a rua Nestor Ludwig (via que divide o Parque Marinha e o Estádio Beira-Rio).
Basta uma caminhada pela via em um final de semana ou feriado para ver a grande quantidade de pessoas que frequenta a área fechada. Famílias, crianças e pessoas de todas as idades ocupam o espaço urbano, enchendo a orla de vida. Além disso, o fechamento também é benéfico para os pequenos comerciantes ao redor da orla. Porto Alegre é uma das pioneiras desse modelo, sendo que diversas cidades do Brasil e ao redor do mundo também implementam esse sistema que ficou conhecido como “vias de lazer”, sendo um dos casos recentes mais famosos o da Av. Paulista, em São Paulo, seguindo uma tendência mundial de priorização das pessoas em relação aos automóveis.
O impacto desses fechamentos ao trânsito é mínimo, e diversos estudos nacionais e internacionais tem mostrado que a construção e/ou alargamento de vias não resolvem os problemas de mobilidade. Enquanto a tendência mundial é a priorização das pessoas, corremos o risco de após o final das obras na orla o trecho para as pessoas volte a ser fechado apenas entre a Usina e a rótula das Cuias. Se com o trecho atual muitas vezes já falta espaço para tantas pessoas, como será quando diminuírem ainda mais essa área?
Nessa quinta-feira a sessão da Câmara votará o PLL 279/13, de autoria do vereador Marcelo Sgarbossa (PT), que determina o fechamento para veículos de toda a extensão da Beira-Rio, do Gasômetro até o Iberê Camargo, nos finais de semana e feriados das 6 às 20h (21h no horário de verão), havendo exceções para situações pontuais como escoamento de trânsito em caso de grande eventos.
A Mobicidade acredita e luta por uma cidade para as pessoas. Espaços para o público devem ser expandidos e não reduzidos. Declaramos nosso apoio ao PLL 279/13 e esperamos que nosso legislativo tenha consciência da importância desse projeto para o bem-estar da população. Além de enviarmos essa carta por email aos nossos vereadores, estaremos presentes na sessão dessa quinta-feira, e convidamos a todos que puderem participar também a comparecer na Câmara de Vereadores (Av. Loureiro da Silva, 255) a partir das 14h, vamos pressionar nossos vereadores a aprovarem esse projeto!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *