Arquivos da categoria: Eventos

Pedalada Dia Mundial Sem Carro

Em 2009 foi criado o Plano Diretor Cicloviário Integrado de Porto Alegre, o qual prevê uma malha cicloviária de 495km. Oito anos depois nossa capital conta com apenas 45,2km de ciclovias de qualidade e eficiencia precárias ou nulas, menos de 10% do previsto no plano. Se este ritmo de execução for mantido a conclusão do PDCI aconteceria no ano de 2114!

Uma das falácias constantemente proclamadas pelo poder público e pela bancada carrocentrica é de que não há demanda para criação de ciclovias, escancarando uma total falta de conexão com a realidade vivida nas ruas de nossa cidade e com as demandas mundiais por cidades mais calmas, limpas e verdadeiramente sustentáveis.

No Dia Mundial Sem Carro, 22 de setembro, convidamos a todxs para uma massiva pedalada! Vamos celebrar nossa existência e prática diária nas ruas da cidade, vamos mostrar que somos muito mais do que mil, somos milhares! E através dessa congregação em torno da bicicleta mostrar a cidade que queremos e deixar a pergunta: até quando o Plando Diretor Cicloviário será negligenciado?

Faça teus convites, converse, construa, mobilze! Juntxs somos mais!

Pedalada Dia Mundial sem Carro

Sexta-feira, 22 de setembro de 2017, a partir das 19h no Largo Zumbi dos Palmares

Evento no Facebook: https://www.facebook.com/events/112825272759921/

Evento “Porto Alegre para Quem?”

No dia 21 de Março (terça-feira), a Mobicidade estará participando do evento “Porto Alegre para Quem?”, realizando a partir das 18h no Largo Glênio Peres um intervenção de oficina de bicicletas. O evento envolverá uma semana de debates entre os dias 20 e 25, sendo organizado pelo coletivo A Cidade Que Queremos, no Clube de Cultura (rua Ramiro Barcelos, 1853 – Bom Fim).

Contamos com tua participação!

Confira o evento no Facebook: https://www.facebook.com/events/1849740528620053/

Respeitômetro na Mídia

Confira a repercussão do evento na mídia!

Foto: Maia Rubim/Sul21

Evento criará “respeitômetro” para conscientizar motoristas

No dia 9 de março (quinta-feira) será realizado um evento com participação da Mobicidade, ACPA, Detran/RS, Lappus e CETRAN sobre o respeito ao 1,5m de distância de ultrapassagem aos ciclistas no trânsito.
A partir das 9h da manhã o grupo irá se concentrar na esquina das avenidas Wenceslau Escobar e Otto Niemeyer, na zona sul de Porto Alegre, onde será montado um “respeitômetro”, o qual exemplificará a distância correta de ultrapassagem. A “fina”, como é popularmente conhecida, além de pôr em risco a vida do ciclista, é considerada infração de trânsito e é passível de multa pela EPTC.
Um grupo de oito ciclistas participará ativamente da atividade, mas quem desejar estar presente para acompanhar o evento será muito bem-vindo. A aproximação com os órgãos oficiais de trânsito são o resultado de muito trabalho dos ciclistas da cidade e nos dão esperança de podermos pedalar com cada vez mais segurança e respeito dentro da cidade.
Acompanhe o evento criado pelo Detran/RS no Facebook: https://www.facebook.com/events/188992604921123/

Reunião Aberta com a EPTC

A reunião ocorrida no dia 06 de dezembro teve forte participação de ciclistas e interessados, assim como o DETRAN e pessoal de outras equipes da própria EPTC. Basicamente a apresentação se focou em dois projetos da EPTC que são paralelos ao Plano Cicloviário (PDCI).
O primeiro seria o projeto das Ciclorrotas, que envolveria sinalização vertical e na pista em vias com velocidade inferior a 40km/h e que não estejam dentro do planejamento do PDCI, não sendo ideia repavimentar as mesmas. Existem alguns núcleos já definidos, sendo que no Menino Deus já há um projeto piloto nas ruas Saldanha Marinho e Gonçalves Dias.
O segundo projeto é o chamado “Rota de Ciclista”, onde se utilizaria sinalização vertical alertando sobre a ultrapassagem a 1.5m e a preferência de ciclistas e pedestres nas conversões em vias que fazem parte do planejamento do PDCI porém ainda não receberam a infraestrutura planejada, ou ainda em algumas que não façam parte do PDCI porém sejam muito utilizadas por ciclistas e tenham velocidade máxima de 60km/h, como as avenidas Farrapos, Cristóvão Colombo e arredores.
Com um ousado plano de implementar os dois projetos ainda em 2017, a EPTC se baseou nos mapas de acidentalidade dos últimos anos e, embora com ressalvas, utilizou também o mapa de calor do Strava, o que foi criticado por boa parte dos presentes. Algumas das vias citadas foram indicações feitas pelo email ciclorrotas@eptc.prefpoa.com.br, criado especificamente para que ciclistas possam fazer sugestões nos projetos.
Diversos questionamentos foram feitos, como o uso do projeto como subterfúgio dos núcleos políticos (e não necessariamente dos técnicos da EPTC) para protelar a execução do próprio PDCI, foco dos recursos na sinalização das Rotas de Ciclista pois as Ciclorrotas poderiam ser uma tentativa de desviar os ciclistas para ruas pouco utilizadas e até perigosas (questão rebatida pela EPTC alegando que um dos critérios é as vias já serem utilizadas por ciclistas), temor de que as Ciclorrotas sigam o exemplo das ciclovias e não componham redes efetivas (“indo do nada a lugar nenhum”), sendo sugerida a criação de rotas realmente (como sinalização do tipo “Você está na rota ZN x Centro”, por exemplo), como seria feita a divulgação e fiscalização da sinalização e como agir em relação à infrações, entre outros pontos.
Uma situação que fica um tanto em aberto é a dúvida em relação aos projetos do novo governo municipal e quem assumirá a EPTC, podendo haver forte influência nos projetos apresentados, nos já existentes e na própria execução do PDCI, embora tenha ficado mais uma vez clara a necessidade de aproximação com os corpos técnicos a fim de estabelecer um melhor diálogo e fiscalização do trabalho do órgão.

1ª edição da Volta Ciclística dos Arq e Urb – Joel Fagundes

A Mobicidade é uma das apoiadoras do evento organizado pelo SAERGS e IAB RS. A Volta Ciclística nasceu em 2015 em memória de Joel Fagundes. O arquiteto e urbanista de 60 anos, conhecido pela sua genialidade criativa referenciada nos trabalhos que realizou na Bienal do Mercosul, tinha a bicicleta como principal meio de transporte dentro e fora da cidade.

Na manhã de domingo de 08/02/2015, perto das 9h, Joel pedalava na avenida Severo Dullius, próximo ao aeroporto, quando foi atropelado por um táxi.

O evento será realizado no dia 9 de dezembro (sexta-feira), às 19 horas, com concentração e saída do Largo Zumbi dos Palmares e conta com apoio de outros grupos relacionados a bicicleta como PedAlegre e Bike Anjo, além da Mobicidade.

Evento no Facebook: https://www.facebook.com/events/1646142909017285/

Reunião Aberta de Ciclorrotas e Rotas do PDCI com a EPTC

A EPTC convida os ciclistas e interessados a participarem de uma reunião aberta com representantes de diversas áreas da EPTC (Planejamento, Educação e Fiscalização), na qual será apresentado o estudo e o programa para implantação de ciclorrotas em Porto Alegre.

Ciclorrotas são vias compartilhadas (veículos automotores e bicicletas utilizam os mesmos espaços) com sinalização especial. Dentro do projeto da EPTC essa sinalização poderá ser feita em vias de fluxo e velocidade moderadas (onde a máxima seja 40km/h) e não estejam contempladas no Plano Cicloviário (PDCI) para receberem ciclovias e ciclofaixas.

Ciclistas que desejarem fazer sugestões de locais para implantação podem fazê-lo através do email ciclorrotas@eptc.prefpoa.com.br, sendo que os planos da EPTC são implantar boa parte do projeto ainda em 2017.

Na reunião também será divulgada a sinalização desenvolvida pela EPTC para em caráter educativo e provisório marcar as ruas que estão no Plano Cicloviário porém ainda não receberam as ciclovias.

A reunião será realizada no dia 6 de dezembro (terça-feira), a partir das 9h no Auditório da EPTC (Rua João Neves da Fontoura, 7 – Bairro Azenha).

A Mobicidade estará presente e divulgará o que for apresentado, porém é de vital importância a máxima participação dos ciclistas nesse dia. Vamos acompanhar e fiscalizar o trabalho que tem sido feito pela EPTC.

Mais informações: http://www2.portoalegre.rs.gov.br/eptc/default.php?p_secao=227

Evento Vidas em Trânsito

mobicidade-vet

No último domingo então aconteceu o evento “Vidas em Trânsito”, uma parceria entre a Mobicidade e o StudioClio. O evento começou com a exibição do vídeo “Lavando a Alma“, sobre o atropelamento, e em seguida tivemos painéis com o Eduardo Iglesias, um dos ciclistas que foi diretamente atingido por Ricardo Neis, Alessandra Both, que é engenheira na EPTC e responsável pelos projetos de mobilidade e Ildo Szinvelski, diretor geral do DETRAN/RS.

Após os painéis, foram abertas perguntas ao público para serem debatidas pelos painelistas, e infelizmente por conta do tempo o debate acabou sendo bastante reduzido. Embora com algumas falhas, tivemos também a transmissão ao vivo do evento e uma cobertura no Jornal Zero Hora (veja a matéria AQUI). Obrigado a todos que compareceram, acompanhem algumas das imagens capturadas pela Caroline Rolim:

img_8416 img_8431 img_8455 img_8404 img_8421

Evento Vidas em Trânsito

mobicidade-vet

Em fevereiro de 2011 Ricardo Neis acelerou seu veiculo contra 150 pessoas que  participavam da Massa Crítica, um caso que repercutiu mundialmente gerando revolta, comoção e muito debate.

Na próxima quarta-feira, mais de cinco anos depois do atropelamento, Neis irá sentar perante juri popular.

Como vai funcionar esse processo? Qual o impacto na vida das vítimas? O que os órgãos públicos responsáveis pelo trânsito tem feito para evitar que vidas se tornem estatísticas nas nossas vias? Buscando essas e outras respostas a Mobicidade e o StudioClio convidam todos a participarem do evento “Vidas em Trânsito”.

O evento é aberto e ocorrerá no próximo domingo, dia 20/11, às 19h00 no StudioClio (rua José do Patrocínio, 698 – Cidade Baixa).

Entrada gratuita.

Participe e ajude na busca por um trânsito mais humano.

Evento no Facebook: https://www.facebook.com/events/177566099371889/


Realização:

Mobicidade – Associação pela Mobilidade Urbana em Bicicleta
http://www.mobicidade.org/

StudioClio – Instituto de Arte & Humanismo
http://www.studioclio.com.br/

PedalQueer Porto Alegre

14195998_1167398269949770_4526967376381109583_o

A Mobicidade convida a todos para participarem do PedalQueer no dia 11 de setembro (domingo), a partir das 17h no Velódromo do Parque Marinha (esquina da Av. Beira Rio com a Ipiranga). Este evento é livre de gêneros e rótulos, sendo todos convidados a pedalarem e espalharem alegria, festa e cores nas ruas de Porto Alegre. Patins, skate e patinete também são bem-vindos.

Essa pedalada marca o início das atividades do GT de Gênero da Mobicidade e visa pedir mais respeito para a comunidade LGBT e as mulheres, independente do modal que estiverem utilizando.

O objetivo do GT é o levantamento de dados, criação de um diagnóstico sobre a situação das mulheres e LGBTs ciclistas na cidade e fazer propostas e reivindicações para que as políticas urbanas de ciclomobilidade sejam verdadeiramente inclusivas.

Acompanhe o evento no Facebook: https://www.facebook.com/events/176910392737807/