Todos os posts de M.A.

Mobicidade inicia pesquisa que traça perfil do ciclista em Porto Alegre

Entrevistas fazem parte de projeto que comporta mais de 60 cidades em 9 países latino-americanos

A Associação pela Mobilidade Urbana em Bicicleta (Mobicidade), inicia nesta semana uma mobilização voluntária destinada a conhecer as características, motivações e dificuldades de quem usa a bicicleta como meio de transporte em Porto Alegre. Até o fim de outubro, cerca de 20 voluntários, associados à Mobicidade ou ligados a coletivos e órgãos diversos da sociedade civil e academia, estarão em pontos de fluxo de ciclistas da Capital durante a semana.

As entrevistas estão sendo feitas no escopo da segunda edição da Pesquisa Perfil do Ciclista, iniciativa da ONG Transporte Ativo e do Laboratório de Mobilidade Sustentável (LabMob) da Universidade Federal do Rio de Janeiro (Ufrj), responsáveis pela realização e metodologia da pesquisa. Junto com Porto Alegre, realizam simultaneamente a pesquisa mais de 30 cidades brasileiras de pequeno, médio e grande porte, e outras 30 cidades na Argentina, Bolívia, Chile, Colômbia, Guatemala, Nicarágua, Porto Rico e Venezuela.

Os dados incluem as motivações dos ciclistas para pedalar, dificuldades enfrentadas no deslocamento por bicicleta, vantagens e desvantagens do uso da bicicleta, bem como seus perfis socioeconômicos. São informações fundamentais para a formulação de ações da sociedade civil e do poder público para o estímulo da mobilidade sustentável.

Porto Alegre participou da primeira edição da pesquisa, em 2015. À época, 85,8% dos entrevistados pedalavam regularmente para ir ao trabalho; 69,3% pedalavam cinco dias na semana; 37,1% eram motivados a pedalar por rapidez e praticidade; e 52,3% começaram a usar a bici como meio de transporte nos últimos cinco anos, comprovando o crescimento deste modal como opção de deslocamento na Capital gaúcha.

A Pesquisa Perfil do Ciclista 2017 completa será lançada em julho do ano que vem na Velo-City 2018, conferência internacional de ciclismo urbano que será sediada pela primeira vez no Brasil, no Rio de Janeiro.

Mais informações: contato@mobicidade.org

Ata Reunião Ordinária 16/09/2017

Membros presentes: 06

  1. Pesquisa Transporte Ativo: Será realizada uma reunião exclusiva para discussão quanto a aplicação do questionário.
  2. Reunião GT Ciclistas do Detran: Relatada a última reunião do GT, onde esteve presente o atual presidente do Cetran. Serão disponibilizadas placas com a régua de 1.5m para realização de ações de conscientização. Discutida a realização do desafio intermodal.
  3. Semana da Mobilidade: Discutidas atividade com o Respeitômetro do Detran dia 19/09 no Parcão, campanha televisiva do Detran no dia 17/09 e a Pedalada do Dia Mundial sem Carro no dia 22.
  4. Fórum no Peru: A Mobicidade participará do Foro Mujeres, Territorios y Movilidad Sostenible em Lima falando sobre o caso Ricardo Neis, o primeiro Fórum Mundial da Bicicleta e iniciativas locais como o Pedal das Gurias. O evento faz parte dos preparativos para o 7º Fórum Mundial da Bicicleta.
  5. Bicicultura: Relatou-se como foi o evento e a Moção de Repúdio feita pelo GT Gênero da Ciclocidade/SP, e discutidas estratégias para retomar o GT Gênero da Mobicidade. Discutido também as possibilidades de Porto Alegre sediar um evento desse porte do futuro.

 

Pedalada Dia Mundial Sem Carro

Em 2009 foi criado o Plano Diretor Cicloviário Integrado de Porto Alegre, o qual prevê uma malha cicloviária de 495km. Oito anos depois nossa capital conta com apenas 45,2km de ciclovias de qualidade e eficiencia precárias ou nulas, menos de 10% do previsto no plano. Se este ritmo de execução for mantido a conclusão do PDCI aconteceria no ano de 2114!

Uma das falácias constantemente proclamadas pelo poder público e pela bancada carrocentrica é de que não há demanda para criação de ciclovias, escancarando uma total falta de conexão com a realidade vivida nas ruas de nossa cidade e com as demandas mundiais por cidades mais calmas, limpas e verdadeiramente sustentáveis.

No Dia Mundial Sem Carro, 22 de setembro, convidamos a todxs para uma massiva pedalada! Vamos celebrar nossa existência e prática diária nas ruas da cidade, vamos mostrar que somos muito mais do que mil, somos milhares! E através dessa congregação em torno da bicicleta mostrar a cidade que queremos e deixar a pergunta: até quando o Plando Diretor Cicloviário será negligenciado?

Faça teus convites, converse, construa, mobilze! Juntxs somos mais!

Pedalada Dia Mundial sem Carro

Sexta-feira, 22 de setembro de 2017, a partir das 19h no Largo Zumbi dos Palmares

Evento no Facebook: https://www.facebook.com/events/112825272759921/

Ata Reunião Ordinária 12/08/2017

Membros presentes: 07

  1. Audiência Pública: O projeto do vereador Nedel ainda não foi votado, e não o será até a ocorrência de uma audiência pública que foi solicitada para que o assunto seja debatido. Aguardaremos a definição da data.
  2. Prefeitura nos Bairros: Recebemos email fazendo convite para esse evento, conforme repassado para a lista em 11/08. A mensagem não especifica a forma de participação, nem fala sobre alguma organização prévia. Foi sugerido então que seja enviada uma resposta pedindo mais informações sobre como ocorrerá o evento e que na primeira data de aplicação desse projeto (26/08), membros da Mobicidade compareçam para observar como as atividades serão desenvolvidas pelos agentes da prefeitura.
  3. Pesquisa Transporte Ativo: Ainda não foi feita a chamada para voluntários, o que deve ocorrer nos próximos dias para que seja feita uma reunião de preparação para quem for aplicar as entrevistas. Frisa-se que a Mobicidade já se comprometeu com o projeto e que já não é mais possíveis questionarmos as diretrizes de sua aplicação.
  4. Pesquisa Comércios: Pensa-se em desenvolver essa atividade em setembro, primeiramente com comerciantes da José do Patrocínio e posteriormente com os da José de Alencar. Uma primeira etapa seria fazer um levantamento de quantos comércios estão atuando nessas regiões para decidirmos sobre definição de amostra e aplicação.
  5. Conselho do Fundo Cicloviário: Retomado relato do que ocorreu na reunião do dia 27/07, conforme o que já havia sido enviado para a lista em 02/08. Será decidido por votação na lista a definição de quem assumirá a vaga de suplente da Mobicidade no Conselho. Sendo isso decidido, a etapa seguinte é fazer o ofício para enviar para a EPTC.
  6. Cidade das Bicicletas: Conforme informação recebidas do coletivo, ao final uma etapa da burocracia da liberação se desdobrou, fazendo com que ainda se tenha que aguardar o aval final da prefeitura. Conforme informação que tivemos, já houve trâmites que sugerem a possibilidade de que em breve essa última etapa se realizará.
  7. Mês de Setembro: Discutida a promoção ou não do evento. Houve sugestão (conforme email enviado ao grupo) de organizarmos uma pedalada para convergir iniciativas relacionadas à bicicleta, com trajeto baseado no PDCI, para agregar pessoas e fazer frente aos discursos de que há poucos ciclistas em Porto Alegre. Também sugeriu-se que pensemos em possíveis atividades para executar em aproximações com escolas da cidade.
  8. Bicicletas Públicas: A Tembici, que está operando no lugar da Sertel, fará em Recife um lançamento do novo sistema de totens onde serão disponiblizadas as bicicletas Sugeriu-se pedirmos uma reunião com a Tembici para conhecer o sistema. Há relatos de que haverá mudança de local das estações, o que será verificado.

Ata Reunião Ordinária 20/07/2017

Membros presentes: 06

  1. Cenário atual: Os presentes foram convidados a discutir e trocar informações sobre o atual cenário da bicicleta na cidade e a participação da Mobicidade nesse contexto.
  2. Pesquisa Transporte Ativo: Foram apresentados detalhes sobre o processo e a ideia de expandir o voluntariado para aplicação das entrevistas para além da Mobicidade. Sugeriu-se contato com pessoas de grupos de pedal e de instituições universitárias com a intenção de firmar parcerias e ampliar o número de aplicadores(as). Foi acordado que a ideia é pertinente.
  3. Pesquisa com Comércios: Foi discutido o potencial de realização de uma pesquisa com comércios de regiões onde foram implantadas ciclovias a fim de levantar o impacto das mesmas.
  4. Datas das reuniões: A realização da reunião de hoje em uma nova data (quarta) e local (Faculdade de Educação da UFRGS) teve algum impacto na quantidade de participantes. Foi proposta a revisão das datas para realizar as reuniões mensais nos sábados à tarde, de forma a englobar a participação de mais membros e horários melhores para todos. Foi acordado a proposta de realizar uma experiência no próximo mês.

O Plano Cicloviário em discussão mais uma vez

Está na pauta de hoje um projeto de 2014 do vereador Nedel (PP) sobre o Plano Cicloviário que versa sobre alterações no Plano Diretor Cicloviário Integrado (PDCI), permitindo a construção de ciclovias e ciclofaixas apenas onde não houver redução de faixas de veículos automotores, estacionamentos ou largura miníma de calçada.

O PLCL 021/14 (leia o mesmo na íntegra clicando AQUI) inviabiliza a execução do PDCI, como dizem os próprios pareceres do CEDECONH e CUTHAB, não se baseia em estudo técnico ou similar e vai contra o próprio Plano Nacional de Mobilidade Urbana cujo Art 6º define entre as diretrizes do Plano o “II – prioridade dos modos de transportes não motorizados sobre os motorizados e dos serviços de transporte público coletivo sobre o transporte individual motorizado“.

O PDCI é resultado de muita luta da população de Porto Alegre, e tal projeto não poderia ser votado sem ao menos a realização de uma Audiência Pública sobre o tema. Esperamos que nossos vereadores tenham consciência e votem pela rejeição do projeto no dia de hoje.

UPDATE: A Mobicidade acaba de protocolar na Câmara um pedido de Audiência Pública.

Ata Reunião Ordinária 13/06/2017

Membros presentes: 03

1. Doação de bicicletas: Foi apresentada uma doação recebida pelo Lappus que envolve bicicletas infantis, bicicletas de arrasto (aquelas sem pedal), um toldo inflável, entre outros. Foi levantada a ideia de ações onde se poderia utilizar o material. A decisão foi de convocar uma reunião a parte, envolvendo também o pessoal da Cidade da Bicicleta para ser feita manutenção dessas bicicletas e organização do material.

2. Planejamento cicloviário: Foi discutido o projeto da EPTC para a ciclovia da Barros Cassal, que iniciará na Voluntários. Ela deverá ser bidirecional e no lado direito da via. Um dos pontos analisados seria que após o cruzamento com a Vasco já há ciclovia até a Osvaldo, que é no lado esquerdo, se ligando diretamente com a ciclovia da Vasco. Assim quem viesse da Barros no lado direito teria que cruzar para o lado esquerdo. A sugestão é de que sejam alterados os tachões nos últimos metros, permitindo que antes do cruzamento o ciclista que desejar já possa sair da ciclovia e passar para o lado esquerdo.

3. Propostas UCB: Foram discutidas as propostas apresentadas pela atual gestão da UCB para um projeto do Itaú e prorrogamento de mandato em função do Bicicultura ter sido postergado. Considerando que não teríamos planos de lançar ou apoiar uma chapa ou sugerir alternativas viáveis, optou-se por apoiar as mesmas. Será enviado email pra lista explicando os detalhes pedindo a avaliação dos demais membros.

4. Pesquisa TA 2017: Confirmada nossa participação na nova pesquisa da Transporte Ativo sobre o perfil dos ciclistas. O projeto será encabeçado por duas voluntárias da Mobicidade. Posteriormente será necessário o apoio de outros voluntários para realizar a pesquisa.

5. Carris: As propostas para realização de trabalho de conscientização junto aos motoristas da Carris acabaram não acontecendo. Considerando a “falta de braço” que temos enfrentado nos projetos, esse trabalho ficaria arquivado a não ser que alguém se propusesse a tocá-lo.

6. Protásio: Revisado o questionário que havia sido feito para avaliação dos ciclistas que utilizam a av. Protásio Alves, em virtude da ausência da ciclovia nos planos de reforma da via e a resposta da EPTC de que bicicletas deveriam evitar a avenida e utilizar rotas alternativas. Serão feitas as alterações e encaminhadas pra lista.