Ata Reunião Ordinária 13/06/2017

Membros presentes: 03

1. Doação de bicicletas: Foi apresentada uma doação recebida pelo Lappus que envolve bicicletas infantis, bicicletas de arrasto (aquelas sem pedal), um toldo inflável, entre outros. Foi levantada a ideia de ações onde se poderia utilizar o material. A decisão foi de convocar uma reunião a parte, envolvendo também o pessoal da Cidade da Bicicleta para ser feita manutenção dessas bicicletas e organização do material.

2. Planejamento cicloviário: Foi discutido o projeto da EPTC para a ciclovia da Barros Cassal, que iniciará na Voluntários. Ela deverá ser bidirecional e no lado direito da via. Um dos pontos analisados seria que após o cruzamento com a Vasco já há ciclovia até a Osvaldo, que é no lado esquerdo, se ligando diretamente com a ciclovia da Vasco. Assim quem viesse da Barros no lado direito teria que cruzar para o lado esquerdo. A sugestão é de que sejam alterados os tachões nos últimos metros, permitindo que antes do cruzamento o ciclista que desejar já possa sair da ciclovia e passar para o lado esquerdo.

3. Propostas UCB: Foram discutidas as propostas apresentadas pela atual gestão da UCB para um projeto do Itaú e prorrogamento de mandato em função do Bicicultura ter sido postergado. Considerando que não teríamos planos de lançar ou apoiar uma chapa ou sugerir alternativas viáveis, optou-se por apoiar as mesmas. Será enviado email pra lista explicando os detalhes pedindo a avaliação dos demais membros.

4. Pesquisa TA 2017: Confirmada nossa participação na nova pesquisa da Transporte Ativo sobre o perfil dos ciclistas. O projeto será encabeçado por duas voluntárias da Mobicidade. Posteriormente será necessário o apoio de outros voluntários para realizar a pesquisa.

5. Carris: As propostas para realização de trabalho de conscientização junto aos motoristas da Carris acabaram não acontecendo. Considerando a “falta de braço” que temos enfrentado nos projetos, esse trabalho ficaria arquivado a não ser que alguém se propusesse a tocá-lo.

6. Protásio: Revisado o questionário que havia sido feito para avaliação dos ciclistas que utilizam a av. Protásio Alves, em virtude da ausência da ciclovia nos planos de reforma da via e a resposta da EPTC de que bicicletas deveriam evitar a avenida e utilizar rotas alternativas. Serão feitas as alterações e encaminhadas pra lista.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *